Diferente Oração, Semelhante Foco

Ao pronunciar palavras de transcedência em voz alta, você lhes confere vida.


Toda a verdadeira oração logra certa intimidade capaz de nos influenciar amplamente. A comunhão que nos oferece é o âmago da comunicação real e da humanização.

Tradução do Pai Nosso Original de Jesus Cristo*

"Pai, sopro que emana a vida. Aquele que enche o mundo de luz e som.
Que a Vossa luz nos ilumine e mostre o caminho sagrado.
Vosso reino celestial se aproxima.
Seja feita a Vossa vontade em nossos atos, no Céu e na terra.
Dai-nos sabedoria para nossas necessidades de cada dia.
Afrouxai as amarras que nos prendem e livrai-nos da culpa alheia.
Não deixai-nos cair na tentação das coisas superficiais.
Nos libertai do que nos afasta da verdadeira razão.
De Vós vem toda a força que nos move, a música que nos glorifica e nos renova a todo tempo.
Amém (Selado pela Confiança, Fé e Verdade)."

Algumas rogam a Alá, Deus, Buda ou Krishna, mas decerto todas rogam alguma coisa de nós. E evocar nossa face Criadora é religar-se à tradição oral da poesia e do cântico, da parábola e da canção.

Oração de David Sluyter, homem comum:

Acordei para a confusão de um novo dia
Os fragmentos de sonhos, as lembranças de ontem e novos desejos se arrastando na consciência,
O sol derramando sua luz por todas as coisas exceto pelas sombras e pela cacofonia do som
De fora e dentro
O que tomar por lei? O que esquecer?
Quem faz a opção?
Acho que vou-me pôr às margens do rio, só para vê-lo fluir,
Já faz muito tempo que fiz algo verdadeiramente importante."

Na oração encontramos pedras de toque que nos ajudam a lembrar o que o nosso coração conhece mas nós nem sempre conseguimos expressar. Em um mito ou em um indivíduo, a verdadeira ressurreição recorre da vida a partir do medo e do nada.

*A oração é tradução de uma comunidade ainda enraizada à lingua de Cristo, e representaria a verdadeira oração num contexto histórico e linguístico, sem variações das primeiras traduções bíblicas. Recentemente foi apresentada no Jornal da Noite, BAND.

Um comentário:

Loreleine Botelhos disse...

Que LinO iSsO, FábiO! ReaLmente é tutti una bençán...